28 abril 2009

Olha o Brasil

Minha mãe sempre fez questão de contar os casos da ditadura militar no Brasil,acho que por isso em muitos momentos eu acabei sendo uma pessoa "ducontra",e questionando demais coisas que nunca mudarão.Ela falou-me quase chorando da prisão de Chico Pinto,Caetano,Gil,e de um personagem assustador chamado "Capelão",que torturava estudantes,professores,e qualquer um que cheirasse a revolução.As vezes me pergunto se não me tornei uma estudante burguesa que só liga para um diploma acadêmico e futilidades cotidianas??Bom...Eu não sei,mas vejo que o mundo acabou se tornando um lugar que eu não gosto e o meu país continua sendo vendido.

Já tinha ouvido falar sobre esse filme ,mas assisti a muito pouco tempo,e muita coisa nasceu depois disso...Quantas pessoas morreram e foram jogadas no mar para eu poder xingar o Lula e tantos outros políticos de "filhosdaputa"?Quantas mães deixaram de enterrar seu filhos para que o meu direito a liberdade de expressão se torna-se esse estado real?Agora eu sei o determinado valor de uma morte,ou tortura,porque para um bestão gravar uma música da um tapa no traseiro e vai descendo até o chão,muita gente aguentou um toque de recolher maldito,muitas chicotadas e choques elétricos nos órgãos sexuais.

Fico me questionando se valeu a pena?Se essa porra de sociedade era o plano...Essa mãe Zuzu Angel só queria sepultar o filho,e esse direito lhe foi negado,como muitas mães perdem seus filhos para a selva.Hoje,tudo é fácil demais,liberado demais,por isso somos alienados demais e consequentemente bossais,iguais.Vale a pena dedicar menos que duas horas de sua atenção a este filme,quem sabe assim você deixa dormir.


Beijos,bye.

8 marteladas:

Atreyu disse...

ail
Me dói ver as partes de tortura desse filme!
Quando cortam o seio da garota então...
Nossa mãe! Confesso que aquilo mexeu comigo

Beijos pra você também!

Lara ‹з disse...

"para um bestão gravar uma música da um tapa no traseiro e vai descendo até o chão,muita gente aguentou um toque de recolher maldito,muitas chicotadas e choques elétricos nos órgãos sexuais."

fantástico! amei o texto.
vou procurar esse filme .

Jean B. Pimentel disse...

realmente vivemos numa época e q tudo esta "mais fácil", mas tem muita coisas acontecendo de ruim no nosso pais e nós estamos totalmente alienados, desde os caras pintadas do inicio da decada de 90 q nao se tem um movimento de verdade vindo do povo

http://confissoesdamadrugada.blogspot.com/

Amanda disse...

Também ouvi falar muito desse filme, mas, ao contrário de você, ainda não assisti. :/ A única coisa que seu post me fez lembrar, foi da entrevista do cantor jair rodrigues, onde ele afirmou categoricamente que a ditadura foi algo muito bom. Sei lá, acho que ele tá gagá.

Beijo, flor!

Melqyahd disse...

Oi, Flor.

Depois vou procurar o filme.
Sabes, vivemos num país de pessoas que não lutam por seus direitos, no país onde dá-se para tudo um "jeito", onde mais importante que a cultura do povo, é futebol (que não deixa de ser cultura, talvez... mas eu, particularmente, não gosto :p), mulheres nuas, praias e afins. Cá, as pessoas não se importam em reivindicar seus direitos, lutar por eles. Muitos são comodistas...
Ora, temos lá nossos pontos fortes, mas, infelizmente, vejo mais pontos fracos. Claro que, dentre estas pessoas que disse, há inumeráveis exceções.

Tenhas um belíssimo dia!
Bj.O



Melqyahd.

Baaah disse...

Não pense muito se virou ou não uma burguesinha,vá a fundo no que você quer realmente do mundo e da vida.Quando achar que encontrou seu 'lugar',respire suas ideologias e simplesmente esqueça.
Esqueça tudo que você já pensou sobre você um dia.

'Quem tem medo assimilia,toda forma de expressão como protesto.'

E é impressionante como tantos aindam não enxergam o quanto disperdiçam a hitória de vida de muitos,ao ficarem parados vendo tantas vidas passarem e fazerem tanto pelas 'nossas' vidas.


Muito bom mesmo!
=***

MiGueL disse...

parabens pelo blog mocinha =D

beijos...

Nathália Monte ;D disse...

eu queria que mainha falasse essas coisas pra mim..mas ela é mais desmemoriada que eu..é do gene neh kk
beijoO chuchu