29 maio 2009

Medidas



Intensa, sensorial e musical. Preciso de magia como preciso do ar, talvez porque sem ela, meus olhos fiquem cinzas demais.Mistura de seriedade seca com riso fácil 'bobagento'. Velha e criança ao mesmo tempo.Acima de tudo verdadeira[isso é questionável]. Meus olhos não sabem e nem querem mentir,mas é complicado. Muito protegida. Aquilo e aqueles que não são bons pra mim não ficam; de uma forma ou de outra vão embora. Os que ficam são excelentes: tenho muito orgulho dos meus amigos, exatamente como são. Eles me ajudam a saber quem sou,eles sabem a tempestade que sou,e esperam sempre um tornado.

Da mesma forma, para aqueles a quem não posso ser ou trazer algo bom, também não fico. Peço desculpas pelos mal-entendidos, e pelas vezes em que machuquei tentando ser correta,agora serei errada e pirata. Tenho compreendido que fazer o que acreditamos ser correto nem sempre é o mais prazeroso ou menos doloroso para nós e para os outros,e ser correto se tornou tão chato e medonho que estou preferindo viver na lama do gostoso. Mas acredito que é o melhor que posso fazer,o pecado me ama,e preciso literalmente errar,errar,para sentir o ar da vida dentro de mim...

Utópica e sonhadora. Sempre buscando mais e mais de todos.Odiar os outros é fácil, e bom. Se odiar também é fácil, e ruim. É diferente ver o problema em alguém, e ver o problema em si próprio, sabendo que a mudança deve ser tomada e realizada por você,mas no momento não quero mudar porque alguém,ou um exercito me definiram como uma malvada feiticeira. É sempre assim, a responsabilidade sendo nossa[isso cansa] complica tudo.Por mais confiante que a pessoa seja, impossível amar-se. Ninguém é perfeito. Por mais clichê que essa frase seja.

Odeio roer minhas unhas, odeio meu nariz, odeio meu vício incontrolável por chocolate, odeio conseguir escrever o que eu não tenho coragem de falar e odeio mais umas várias coisinhas míseras para uns, mas comprometedoras para mim. Mas como com qualquer coisa da vida, a gente se acostuma e quem sabe, até o próprio problema nos ajuda de alguma forma.

Gostaria de agradecer a presença de todos aqui,sei que ando devendo visitinhas nos Blogs parceiros,e nos amigos Blogueiros que acompanham o Subentendido,nesse final de semana visitarei todos,minha semana foi complicada.Beijão para todos,e suas participações em meus pensamentos me fazem sentir que não sou uma desvairada louca que posta pensamentos loucos,agradecida.

Beijos e bom final de semana.

Com carinho; Nathi.

26 marteladas:

exoticlic.com disse...

sempre to aqui adoro que vc escreve teu cerebro manda bem com palavras
pela falta de visitas tá perdoada =D

só porque teu blog é bom =D

Juиiинo disse...

ola, tudo bem? faz um tempo comecei meu blog, e vc me visitou, e esta seguindo ele, então visitei o seu blog e achei muito da hora,como era novato num entendia muito de parcerias coloquei seu banner no meu blog sem avisar (nao sei se vc viu isso), ae reformei meu blog, aprendi sobre parcerias e fiz meu banner(fique a vontade pra pegar ele), mas sempre esquecia de te perguntar se podia deixar seu banner no meu blog, agora finalmente estou aki rsrsrsr.
Posso deixar seu banner meu blog?
Desculpe a demora, abracos

Jean B. disse...

Vc me parece uma corajosa exploradora com suas palavras de desabafo. Vc é muito boa quando escreve sobre as medidas e porções q te fazem ser como é. Odeie o q nao gosta em vc, mas não se odeie. Adoro quando vc escreve sobre vc mesma, são sempre os seus melhores posts (o q isso quer dizer? :)).

Hosana Lemos disse...

"Sempre buscando mais e mais de todos."

Esse é um dos meus vários problemas, busco muitas vezes mais do que me é cabível ou até mesmo do que é possível, e acabo me frustando no final...
mas assim vou levando!
;)

adorei o texto, como sempre!
=**

Maíra disse...

Todos nós temos duas faces, porções, medidas, como queria chamar. Isso não quer dizer que não somos verdadeiros, ou que somos falsos. A parte que usamos de nós, sempre depende das situações que nos encontramos ou nos colocam.

bom domingo!

Cleyton disse...

kk
um entendido a adorar seu blog....

bru. disse...

nossa, seus textos são sempre perfeitos! :)

☆ Káh.Kau ☆ disse...

Que fofo este post...e tá perdoada!!kkkkkkk
vc será sempre uma flor em meu jardim...hehehehe
bjoks mil e boa semana

☆ Káh.Kau ☆ disse...

ah flor..participa do meu google friend connect..!!!
bjs

CAFÉ COM PÃO! disse...

gostei das palavras
passe no CAFÉ COM PÃO
http://cafecompaobrasil.blogspot.com/
E BOA SEMANA!

Bah disse...

lindo post... :)

Flor, vc é se São Carlos? Oo'

Beijo.

- Nessa ਏਓ disse...

Floor vc é mesmo uma FLOR. :)
Obriigada por estar me acompanhando.
Fiquei Hipermegautrapower FELIZ ;)

beijos :*

- maria disse...

eu descobri que ser narcisista é um belo jeito de viver a vida! #ficaadica!

beeijos flor! :*

Carol disse...

Flor querida li teu post e fiquei com tantas coisas na cabeça que é até difícil escreve-las. Pois bem vou tentar... às vezes tentamo ser boagente e fazer aquilo que é "certo", mas nem sempre acertamos ao fazer isso o que realmente me revolta.
Tu não é uma desvairada que posta pensamentos loucos, é uma pessoa incrivel(ainda que nao te conheça com post excelentes).Parabéns por escrever esse post, e com certeza os problemas nos ajudam em várias coisas, ele nos ensinam, mais que professores, mais que pais, enfim

adoro vir aqui!
beijosss

Natty disse...

Pra que ficar com pessoas na nossa volta se não nos trazem nada de bom, né?
Tenha certeza que sempre estarei a te ler. beijos e uma ótima semana.

Escute - My Sharona

Atreyu disse...

Adorei seu post flor! Cada vez melhor!!!
=D
Imagem linda d+

Hellen Mesquita disse...

"Por mais confiante que a pessoa seja, impossível amar-se."

Adorei essa frase, é a pura verdade!
Bjs

*+ButterflY PrincesS+* disse...

"Tenho compreendido que fazer o que acreditamos ser correto nem sempre é o mais prazeroso ou menos doloroso para nós e para os outros,e ser correto se tornou tão chato e medonho que estou preferindo viver na lama do gostoso. Mas acredito que é o melhor que posso fazer,o pecado me ama,e preciso literalmente errar,errar,para sentir o ar da vida dentro de mim..."



Cara parece q vc fez pra mim!!!

Esse eh meu momento!!!

Erica Ferro disse...

"Intensa, sensorial e musical. Preciso de magia como preciso do ar, talvez porque sem ela, meus olhos fiquem cinzas demais.Mistura de seriedade seca com riso fácil 'bobagento'. Velha e criança ao mesmo tempo.Acima de tudo verdadeira[isso é questionável]."

Show! Essa parte me cutucou. ^^

LarissaAndrade. disse...

Nossa, muito perfeito!
Adorei ler esse texto.
bjos
;**

Gabriela disse...

"tenho um humor terrivelmente negro, nasci no dia 15 de maio" eu sou do dia 8 então se explica.Mesmo não explicando me identifiquei tb com:

"odeio conseguir escrever o que eu não tenho coragem de falar"

beijos

_Gio_ disse...

Quando a gente só arranja bronca por ser correto e pensar nos outros, dá uma vontade imensa de jogar tudo pro alto! Auto-controle e pensamento a longo prazo nos salvam de surtar!

Gostei: exposto, direto, e sem rodeios. E devo admitir: eu me expresso melhor escrevendo do que lendo!

Hélio Machado disse...

Leio sempre! E pretendo continuar acompanhando!!!

Bjos Flor.

OBS.: Te linkei...

Marcos Campos disse...

Oi Flor!
Problemas sempre farão parte da vida, seja ele com os outros ou com nós mesmos, mas nada como encarar isso de frente e tirar algumas lições disso, como diz minha mãe: amanhã o problema vai parecer menor e assim sucessivamente...tudo passa, e não é só vc que se acha louca...
Beijo!

Rafael disse...

Eu gosto de roer unhas.
Belo blog, estou a segui-lo.
Bjs

Ana Sobral disse...

É bom passar por aqui porque eu sempre paro pra pensar. Há sempre algo pra levar antes de sair do teu blog. Obrigada por tornar público o teu pensamento. Bjão.