26 setembro 2011

Férias sem tempo ....

Depois de muito tempo resolvi tirar férias da rotina, das pessoas, do computador e até dos amigos, sem hora para acordar, sem pessoas pegando no meu calejado pé de trabalhadora, sem praticar  exercícios físicos policiados. Tirei férias de tudo que eu odiava fazer ao acordar todos os dias em manhãs lindas de sol [ sol que eu não aproveitava ], ver o dia passar trancada no trabalho é torturante. Limpei minha mente, fiz uma faxina em mim e der repente estou conseguindo me desapegar das  coisas que eu e tantas outras pessoas dão tanto valor...
Em Natal eu conseguia escutar o som do vento, a areia da praia parecia pigmentos de ouro, me senti com 12 anos de idade, quando eu catava pedrinhas do mar, sim eu catei muitas conchas e escrevi meu nome na areia, bebi tantas caipirinhas que não fizeram efeito e fiquei me perguntando o tempo todo porque diabos eu passo o meu tempo correndo contra o tempo, a natureza brotava da terra, e em certos momentos,eu queria ser capitã de um barco com uma bandeira pirata, como é gostoso viver no mar, e comer tapioca com manteiga todos os dias. Eu não estava sobrevivendo mas sim vivendo, respirando corretamente e sentindo arrepios de frio ao sair do mar, águas que pareciam espelhos, por 7 dias  não soltei um palavrão e não irritei o meu ser com meus resmungos.




Viver assim ,sem prender-se a nada,cura qualquer doença...Vamos fugir do trabalho, do inverno, dos shoppings, e dessa maneira errada de viver,só assim conseguimos ser de bem com tudo alimenta essa palavra chamada MUNDO.

2 marteladas:

Wagner disse...

Que bom q aproveitou suas férias, vc merece!
Saudade de vc...
Bjos.

Momo disse...

Nossa o seu texto me deu até inveja, pq será que não damos valor a vida no nosso dia-dia, temos que sair de férias para ver como é bom viver, e não sobreviver como a gente faz nas grandes capitais.

Beijos